quarta-feira, outubro 27, 2021
Início Interior Justiça redesigna audiência em ação que pede cassação de prefeito, vice e...

Justiça redesigna audiência em ação que pede cassação de prefeito, vice e vereadora em Vilhena

O caso é referente ao episódio que ficou conhecido como “Escândalo das cestas básicas”, suposto crime eleitoral ocorrido na época de pré-campanha eleitoral em maio 2020 em Vilhena.

O Juiz de Direito, Vinícius Bovo de Albuquerque Cabral, havia determinado para  esta terça feira dia 9 de março, a designação de audiência para ouvir as testemunhas envolvidas na Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) que requerer a cassação do prefeito reeleito Eduardo Japonês (PV), a vice Patrícia da Glória e da vereadora Vivian Repessold por suposto abuso de poder político e econômico em Vilhena.

A decisão foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do Tribunal de Justiça de Rondônia na edição desta sexta-feira, 26 e estava marcada para às 8h30, em formato virtual, por meio do aplicativo ZOOM.

Contudo, devido aos áudios obtidos pelo site https://rondoniadagente.com.br/,  que foram anexados como novas provas ao processo, a Justiça de Vilhena redesignou a audiência e concedeu prazo para defesa aos envolvidos na ação. o prefeito faz revelações com relação ao episódio que ficou conhecido como “Escândalo das cestas básicas”, suposto crime eleitoral ocorrido na época de pré-campanha eleitoral em maio 2020.

A AÇÃO

Na ação, além de Japonês, Patrícia da Glória e Vivian, estão incluídos os ex-secretários Willian Braga (Educação) e Paulo Coelho, além do titular da Semagri, Jair Dornelas (Agricultura).

A denúncia envolve as autoridades em suposta prática de abuso de poder político e econômico em ano eleitoral, na criação de programa social, distribuição de cestas básicas e termo de cooperação com associação de forma irregular.

O caso ganhou repercussão após o então secretário municipal de educação, Willian Braga – na tribuna da Câmara e pressionado por vereadores – chorar e  admitir a entrega de cestas básicas feitas com a merenda escolar de forma irregular, acompanhado pela hoje vereadora Vivian Repessold (PP), o que resultou em investigação no Legislativo e inquérito administrativo instaurado pelo Ministério Público

saiba mais:

Áudio – Escândalo das cestas básicas: presidente da Câmara de Vilhena acredita que houve irregularidades!

Em Vilhena :denuncia das cestas básicas é arquivada pela Câmara e vereadora sai impune das acusações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments