domingo, dezembro 5, 2021
Início Política Ex-candidata a Prefeitura de Porto Velho Cristiane Lopes é nomeada secretária parlamentar...

Ex-candidata a Prefeitura de Porto Velho Cristiane Lopes é nomeada secretária parlamentar no gabinete do deputado federal Léo Moraes (PODEMOS). Veja a portaria

Ex-candidata à Prefeitura de Porto Velho ganha cargo comissionado de quase R$ 7 mil 

A ex-vereadora de Porto Velho, Cristiane Lopes, derrotada na disputa pela Prefeitura de Porto Velho na eleição de 2020, mudou-se para o Podemos, comandado pelo deputado federal Léo Moraes,  e ganhou do parlamentar um cargo comissionado na Câmara Federal.

Cristiane foi nomeada para exercer o cargo em comissão de secretária parlamentar no gabinete do deputado Léo Moraes, referência SP15, do quadro de pessoal da Câmara dos Deputados, em Brasília. A nomeação foi  publicada no último dia 17 deste mês.

A remuneração de Cristiane Lopes será de R$ 6.900,00. No entanto, apesar do ato especificar que ela desenvolverá suas atividades no gabinete do parlamentar, que fica em Brasília,  a ex-vereadora, que também é jornalista,  continua em Porto Velho trabalhando numa emissora de televisão.

Após a derrota para o tucano Hildon Chaves pela prefeitura da capital, Cristiane era a candidata natural do PP à Câmara Federal, uma vez que a deputada Jaqueline Cassol já anunciou que disputará a única vaga para o Senado em 2022. Contudo, a ex candidata, logo após o pleito, deixou o Partido Progressista e ingressou no Podemos.

Cristiane Lopes encabeçaria a nominata do PP à Câmara, com todas as vantagens que isso traria (leia-se  maior volume de verbas de campanha do fundo eleitoral).

Prova de que o Progressistas apostou e apostaria novamente em Cristiane Lopes foi o valor que a vereadora portovelhense recebeu para a sua campanha eleitoral à Prefeitura: mais de um milhão de reais; para ser exato, um milhão e cem mil reais, o maior gasto de campanha do partido com uma candidata em que via uma nova liderança em ascensão.

Segundo fontes ligadas ao Progressista, o interessante,  nesta questão do fundo eleitoral, é que Cristiane Lopes sempre criticou, em público, o uso do dinheiro  em campanha, mas, nos bastidores, pressionava a direção estadual por mais verba pública.

Hoje, a direção do PP avalia que, se tivesse intuído que o partido acabaria “miseravelmente traído” pela ex-vereadora, poderia ter feito alianças com o PSDB em 2020, deixando Cristiane de fora da eleição, o que, do ponto de vista estratégico,  seria mais interessante para a legenda.

Caso tivesse optado  por rifar a candidatura da então vereadora ,  o PP também poderia ter investido  para a eleição de mais vereadores, o que não ocorreu porque o partido confiou em Cristiane não para uma eleição, mas para o futuro mútuo tanto dela quanto da legenda.

A projeção do PP para 2022 é a de que Cristiane Lopes se elegeria deputada federal pelo partido com relativa facilidade, bastando obter cerca de 30 mil votos. Agora, ela foi atraída por Léo Moraes por um salário de pouco mais de R$ 3 mil.

Passada a eleição municipal, um gesto da vereadora deu a medida de sua deslealdade ao partido que apostou todas as suas fichas nela. Nos outdoors de agradecimento pelos 90 mil votos obtidos na eleição, nenhuma menção ao PP.

A vereadora Cristiane Lopes contabilizou um gasto substancial com advogados quando exercia o cargo de vereadora. Somente em 2019, a ex candidata a prefeita, pagou R$ 40.500,00 em assessoria jurídica. O dinheiro dos honorários veio dos cofres públicos, conforme consta no site da Câmara

Léo Moraes já está em campanha almejando a cadeira de governador do estado de Rondônia.

visivelmente transtornado saber que a notícia acerca da nomeação, função e remuneração da sua afilhada tinha vindo à público, o propenso candidato ao governo do estado, Léo Moraes, logo disparou um vídeo nos grupos de whattssap dizendo que a ex candidata não trabalha em seu gabinete. Oras, então como se deu a publicação de sua nomeação em seu gabinete? será que alguém confundiu os nomes na Câmara Legislativa?  O fato é: o documento é oficial!!! Quem está propagando Fake News, nobre deputado??

BAIXE O ARQUIVO: boletimadmcamaralegbrsuplementos2021SP170321

OU VEJA DIRETO NO SITE DA CÂMARA:

https://www.camara.leg.br/boletimadm/suplementos/2021/SP170321.pdf

fonte: https://www.tudorondonia.com/noticias/candidata-derrotada-a-prefeitura-de-porto-velho-ganha-cargo-comissionado-de-quase-r-7-mil-de-leo-moraes-em-brasilia,66494.shtml

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments