terça-feira, janeiro 18, 2022
Início Brasil Esquerdismo: Sindicatos São A Favor Da Demissão De Trabalhadores Não Vacinados

Esquerdismo: Sindicatos São A Favor Da Demissão De Trabalhadores Não Vacinados

A portaria proíbe a demissão ou não contratação de funcionários que se recusam a vacina contra covid.

Lideranças de nove entidades de sindicatos de trabalhadores assinam nota conjunta divulgada nesta terça-feira (2) criticando a portaria publicada pelo Ministério do Trabalho, da véspera, que proíbe a demissão ou não contratação de funcionários que recusam a se vacinar contra covid.

Segundo as centrais sindicais, a decisão do governo cria “um ambiente de insegurança e desproteção sanitária”.

Os sindicatos que deveriam cumprir suas funções e defender os trabalhadores contra demissões arbitrárias seguiu a linha ideológica esquerdista de fingir que defende os trabalhadores.

Segue a nota conjunta dos sindicatos:

“Quando mais de 600 mil famílias brasileiras sofrem pela perda precoce de entes queridos para o Covid-19, o Ministério do Trabalho e Previdência lança a Portaria, retirando a obrigatoriedade de trabalhadores tomarem a vacina contra a Covid-19 e, assim, criando um ambiente de insegurança e desproteção sanitária”, afirma a nota conjunta.

“Neste sentido, o TST e o ministério público do Trabalho recomendam a obrigatoriedade da vacinação, o STF decidiu, em 17/12/2020, que a exigência do comprovante vacinal está prevista na Constituição e o Código Penal determina em seu art. Art. 132, pena de detenção de três meses a um ano a quem expõe a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente”, afirma a nota das centrais sindicais.

Assinam a nota das centrais sindicais a CUT (Central Única dos Trabalhadores), a Força Sindical, a UGT (União Geral dos Trabalhadores), a CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), a NCST (Nova Central Sindical de Trabalhadores), a CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros), a Central Sindical CSP-Conlutas, a Intersindical Central da Classe Trabalhadora e a Pública Central do Servidor.

A portaria proíbe a demissão ou não contratação de funcionários que se recusam a vacina contra covid.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments